Por que precisamos carregar aplicativos web de teste?

 

As empresas varejistas e de e-commerce dependem inteiramente das taxas de cliques. Sempre que as taxas de abandono aumentam, tem um impacto adverso em sua receita global. Portanto, organizações bem-sucedidas integram testes de carga em sua cadeia de desenvolvimento para validar requisitos não funcionais, dimensionar seu hardware de acordo e entender os pontos de ruptura de seus serviços de TI. Neste artigo, discutiremos mais sobre por que é importante carregar aplicações web de teste.

A ideia de que 90% de todas as interações do usuário devem ser inferiores a dois segundos é um exemplo clássico de um requisito não funcional. Obviamente, você não pode testar isso manualmente porque você precisa simular a carga esperada e verificar os tempos de resposta percentil 90 para todas as ações do usuário.

Outro caso de uso para testes de carga é verificar o dimensionamento do hardware real ou necessário. As empresas reduzem os custos de TI e não podem mais pagar máquinas superdimensionadas. A utilização da CPU e da memória durante as atividades de um único usuário é tipicamente mínima. Em situações simultâneas de usuários, isso parece completamente diferente. A utilização muito alta dos recursos do sistema tem um impacto adverso nos tempos de resposta, e o hardware superdimensionado é muito caro. Testes de carga ajudarão você a encontrar o dimensionamento apropriado.

Do ponto de vista operacional, é essencial entender como e quando um serviço começa a falhar em determinadas situações de carga de trabalho. Há cenários de carga espetados da Black Friday ou números permanentes de alto uso que podem levar a sérios problemas. O primeiro precisa de mais capacidade temporária, enquanto o segundo tem demandas diferentes e requer um aumento permanente da capacidade. Os testes de carga são a única medida que lhe dá insights sobre esses cenários críticos.

Os testes de carga são um excelente investimento, principalmente porque ajudam a construir confiança em seus serviços de TI e dão às organizações confiança de que o novo ou alterado sistema funciona dentro dos limites acordados.

 

Ferramentas de teste de carga de aplicativos da Web

Há quase 30 anos, os primeiros pioneiros da web começaram com o desenvolvimento de plataformas de simulação de carga. As páginas da Web eram simples, e o conteúdo era principalmente estático. Com o surgimento da tecnologia baseada em nuvem e SaaS, muitos serviços estão agora disponíveis online através do seu navegador. Devido a essas tecnologias em evolução, a concorrência é alta, e as empresas tentam manter os clientes existentes ou conquistar novos clientes com serviços ainda melhores e mais simplificados. Uma oportunidade para melhorar a qualidade do serviço é fornecer aplicativos responsivos e confiáveis.

Nos últimos anos, novas soluções de teste de carga têm aparecido neste mercado em crescimento. Pioneiros como JMeter ou LoadRunner foram implantados na máquina local de uma empresa. Com o aumento da computação em nuvem, alguns deles estenderam seu serviço para o SaaS ou plataformas de teste de carga sob demanda. Vamos dar uma olhada em mais de uma dúzia de plataformas de teste de carga. Veja como outras soluções de teste de carga se acumulam entre si e contra nossa solução de teste de carga, LoadView.

 

Ferramentas de teste de aplicativos web no local

Manter uma infraestrutura local de teste de carga pode ser um desafio, portanto, empresas bem-sucedidas muitas vezes mudam para uma oferta baseada em nuvem que evita a dor de operar fazendas locais de testes de carga. O benefício é que não há tarefas de manutenção ou taxas envolvidas e o cliente só paga pelo serviço necessário. A solução LoadView é completamente baseada em nuvem, então você e sua equipe não têm que se preocupar em ter que passar pelo processo demorado de ter que instalar programas adicionais, configurar injetores de carga e configurar manualmente testes. A solução LoadView oferece todos esses benefícios e muito mais.

O LoadView utiliza uma rede completa de locais injetores de carga (Amazon Web Services e Azure Cloud Services), para que você possa dimensionar seus testes de carga como precisar. Escolha entre mais de 20 locais geográficos. Economize tempo valioso e concentre-se em executar testes de carga de navegadores reais da nuvem.

 

Ferramentas de teste de aplicativos web sob demanda/SaaS

Manter uma infraestrutura local de teste de carga pode ser um desafio, portanto, empresas bem-sucedidas muitas vezes mudam para uma oferta baseada em nuvem que evita a dor de operar fazendas locais de testes de carga. O benefício é que não há tarefas de manutenção ou taxas envolvidas e o cliente só paga pelo serviço necessário.

 

Melhores práticas para testes de carga em aplicações web

Se você não tem experiência em realizar testes de carga, a chance é alta de que você vai encontrar armadilhas e pode não atingir seus objetivos. No entanto, se você puder evitar algumas das dificuldades listadas abaixo, e você dará um bom passo em direção a serviços de TI responsivos e confiáveis.

Primeiro, certifique-se de especificar um padrão de carga realista para o teste de carga. Você não deve confiar totalmente nos números determinados em documentações de exigência não funcionais. Mesmo que um aplicativo já esteja em produção, a chance é alta de que seu uso tenha mudado ao longo do tempo. Para novos serviços que ainda não estão implantados na produção, usar a Lei de Little para calcular o padrão de carga pode ser útil. Se já existe um ambiente produtivo e os clientes reais estão usando os novos serviços, então analise os arquivos de registro, obtenha interações do usuário por hora e o número de sessões simultâneas desses registros. Considere carga média real, cargas do tipo Black Friday e Cyber Monday e padrões de crescimento futuros em seus testes.

 

Cenários realistas do usuário

Outro risco é escolher a simulação adequada do usuário. As soluções de teste de carga de código aberto são notórias por fornecer suporte limitado a simulações. Eles geralmente vêm com a geração de carga baseada em protocolo que não leva em consideração o desempenho da perspectiva do usuário final, o que é extremamente importante para garantir que sua experiência com seu aplicativo seja de primeira linha. Considere um aplicativo moderno baseado na Web que carrega seu conteúdo enquanto o usuário clica em vários caminhos, passos e páginas. Uma grande proporção dessas atividades não pode ser capturada no nível do protocolo porque o processamento do lado do cliente é totalmente deixado de fora. Portanto, revise cuidadosamente seu aplicativo em condições de teste antes de decidir sobre a abordagem de simulação do usuário.

Os aplicativos web modernos normalmente requerem uma técnica real de simulação de usuário virtual baseada no navegador. Por essa razão, a solução LoadView fornece o EveryStep Web Recorder. Esta ferramenta pode ser usada para scriptar rapidamente esses cenários complexos e críticos do usuário, como a busca de um produto, o login em um portal ou o caminho do carrinho de compras para comprar. Isso permite que você entenda melhor como seus aplicativos funcionam à medida que essas etapas são realizadas sob carga.

 

Aplicações web de teste de carga: pensamentos finais

Finalmente, esteja ciente de que o desempenho é mais uma jornada do que um destino. Quanto mais tarde detectar pontos de acesso em sua cadeia de desenvolvimento, mais retrabalho é necessário para corrigi-los. Comece com testes de carga baseados em componentes ou serviços em estágios de desenvolvimento, considere execuções diárias de testes, use limiares para identificar pontos de ruptura e mude para cenários de simulação de nível de usuário real mais sofisticados em estágios de QA, uma vez que o aplicativo tenha sido integrado com seus sistemas circundantes.

Experimente loadView gratuitamente. Inscreva-se e receba $20 em créditos de teste de carga quando você começar!